A evolução do Marketing Multinível e as suas 4 ondas, com a 5ª onda a caminho!

A primeira onda do marketing multinível ou marketing de Rede começou em 1941 por Carl Rehnborg, quando ele introduziu o primeiro plano de comissões de múltiplos níveis na sua empresa, Nutrilite Products,Inc. Neste primeiro momentum do marketing de rede, nasceram múltiplas empresas sérias e claro as empresas não sérias. Durante quase 30 anos as empresas sérias competiam, numa competição desonesta com as empresas que se aproveitaram do marketing de rede para formar pirâmides.
Esta confusão terminou em 1979, quando a Comissão Federal de Comércio, o poderoso órgão de fiscalização americano, decidiu

Que a Amway – e, por extensão, o próprio marketing multinível – era um negócio legítimo.

Segunda Onda

A 2ª onda começa em 1980 com o aparecimento de centenas de empresas a começarem em garagens nos estados unidos. Com um computador, que pela primeira vez aparece para calcular os complexos fluxos de comissões, e, a produção de uma linha de produtos, estas empresas recrutam milhões de pessoas.

Infelizmente, muitos ficaram amargurados com a experiência. Essas pessoas

Descobriram que era difícil ganhar dinheiro nas companhias da Segunda Onda. Era um trabalho brutal, vinte e quatro horas por dia. Os distribuidores tinham

De acumular stocks, atender a pedidos de produtos, falar perante multidões em reuniões nos hotéis, treinar novos recrutas e passar a noite inteira a atender

Telefonemas da sua linha descendente. Como se não bastasse tudo isto, Ainda eram obrigados pela companhia a comprar grandes quantidades de produtos, para poderem subir no plano de carreira da empresa, o que acabava com grandes stocks cheios de teia de aranha nas garagens dos distribuidores.

Terceira Onda

A 3ª onda inicia-se em 1990, com as companhias a resolverem o grande problema da segunda onda.

Com uma nova geração de executivos as novas empresas e as existentes, melhoram o processo do marketing de rede, e tornaram-no mais amigável para os seus distribuidores.

Agora com um novo objectivo, tornar o negócio rentável para todos, a nova oportunidade era rentável para os distribuidores que o façam tanto em part-time como em full-time.
As companhias da Terceira Onda usam computadores, sofisticadas estratégias de administração e os mais modernos sistemas de telecomunicações para tornar

A vida tão fácil quanto possível para o distribuidor médio. O uso de tecnologias como serviço gratuito de DDD, TV, fax, vídeo, Internet e telemóvel entre

Outros é a principal característica da Terceira Onda, que as usa  para automatizar e padronizar a tarefa outrora onerosa de administrar uma linha descendente.

Além disso, as empresas de marketing multinível vão eliminando cada vez mais, as “condições” mais pesadas dos planos de compensação, e assim, as pessoas que trabalham em part-time deixam de ser pressionadas a investir mais tempo e dinheiro do que podem.

Quarta onda

A partir do ano 2000 inicia-se a 4ª onda levando os principais especialistas económicos a afirmar que o marketing de rede será a maior força de negócios do século XXI.

Os executivos das maiores empresas listadas no top 500 da revista fortune, encorajados pela crescente respeitabilidade do Marketing Multinível, estão finalmente a começar a investir em empresas de marketing multinível ou em programas próprios de marketing de rede nas suas empresas.

Mediante acordos de distribuição, alianças estratégicas, fusões e aquisições, as forças do Marketing Multinível estão, neste momento, a começar

A se integrar na estratégia global das maiores e mais poderosas corporações do mundo. Centenas de empresas importantes já distribuem os seus produtos

Através de Marketing Multinível. Transnacional Behemoths, Dupont e Conagra uniram-se para criar e lançar a Legacy USA, uma subsidiária de Marketing Multinível,

Que vende produtos e medicamentos nutricionais. A IBM está vendendo programas de formação através da Big Planet, uma divisão da Nu Skin Enterprises

Que já vende também mais de 100.000 itens no seu comércio eletrônico. O Citigroup – maior companhia do mundo em serviços financeiros – cortou

A sua força de trabalho em 6%, com o despedimento de cerca de 10.400 trabalhadores. Entretanto, a subsidiária de Marketing Multinível, Primerica, continuou a expandir-se.

O Citigroup pela sua grandiosidade, personifica a transformação da Quarta Onda, onde “empregos” somem enquanto oportunidades “por conta própria” crescem.
Quinta onda a caminho!
Observadores sagazes do cenário high-tech, disseram, anos atrás, que o Marketing Multinível

Estava conduzindo o caminho para as aplicações comerciais da World Wide Web.

Internet é abreviação de “internetworking”, que significa rede de contactos. Marketing Multinível é o próprio “Networking” “rede”. E, provavelmente, não existe um caminho

Mais rápido para se estabelecer uma rede de contactos do que a Internet actualmente. Os distribuidores do futuro usarão a Internet para receber vídeos empresariais

De formação em tempo real, informações das empresas e reuniões programadas de oportunidade, que, até á poucos meses, só se podia obter através de satélite.

Esta previsão é de Stuart Johnson, cuja companhia Video Plus, em Lake Dallas-TX, especializou em produtos e serviços de comunicação para empresas de

Marketing Mulltinível.
lamellar ichthyosis
side effects of hydroxyzine hcl 25mg

Add Comment